Ciência

Ciência representa todo o conhecimento adquirido através do estudo ou da prática, baseando em princípios certos. Esta palavra deriva do latim scientia, sujo significado é “conhecimento” ou “saber”.

Em geral, ela comporta vários conjuntos de saberes nos quais são elaboradas as suas teorias baseadas nos seus próprios métodos científicos.

A metodologia é essencial, assim como a ausência de preconceitos e juízos de valor. Ela tem evoluído ao longo dos séculos. Galileu Galilei é considerado o pai da ciência moderna.

Ela está intimamente ligada com a área da tecnologia, porque os grandes avanços  são alcançados através do desenvolvimento de novas tecnologias e do desenvolvimento das tecnologias já existentes.

Estudam o comportamento humano, as relações humanas e o seu desenvolvimento em sociedade. Nelas estão incluídas áreas como a Antropologia, o Direito, a História, a Psicologia, a Sociologia, a Filosofia Social, a Economia Social, a Política Social, o Direito Social.

 

Os planos da China para resolver os mistérios da lua

Cinqüenta anos atrás, em 20 de julho de 1969, o mundo assistiu como Neil Armstrong caminhava na lua. Desde então, as agências espaciais ao redor do globo enviaram robôs para Marte, sondam as regiões mais distantes de nossa galáxia e além, mas a curiosidade e a fascinação da humanidade pela Lua nunca diminuíram.

Mini-redes cerebrais ativas cultivadas em laboratório

Os organoides cerebrais são cultivados artificialmente, culturas de tecidos 3D que lembram o cérebro humano. Agora, pesquisadores relatam sucesso com redes neurais funcionais derivadas desses organoides. Embora os organoides não estejam realmente “pensando”, a nova ferramenta dos pesquisadores – que detecta a atividade neural usando organoides – poderia fornecer um método para entender a função do cérebro humano.

Como melhorar ou suprimir memórias

E se os cientistas pudessem manipular seu cérebro de modo que uma memória traumática perdesse seu poder emocional sobre sua psique? Steve Ramirez, um neurocientista da Universidade de Boston fascinado pela memória, acredita que uma pequena estrutura no cérebro poderia ser a chave para futuras técnicas terapêuticas para tratar depressão, ansiedade e TEPT, algum dia permitindo que os clínicos aumentem as memórias positivas ou suprimam as negativas.