Ciência

Veja um mapa virtual da Via Láctea feito pela Gaia

 

O observatório espacial europeu Gaia está trabalhando duro mapeando nossa galáxia a Via Láctea com detalhes sem precedentes.

Exemplo disso: Este mapa virtual da Via Láctea revelado pelos cientistas da missão Gaia na Agência Espacial Europeia.

A ESA lançou a nave espacial Gaia em 2013 para fazer o mapa 3D mais preciso das estrelas na Via Láctea, bem como um mapa das estrelas dos seus vizinhos, as Grandes e Pequenas Nuvens de Magalhães. No início deste ano, cientistas da ESA revelaram o primeiro mapa de Gaia das primeiras bilhões de estrelas da Via Láctea. Na quinta-feira (10 de novembro), a agência espacial também lançou este novo mapa virtual baseado em dados da espaçonave.

[Afiliados_300_250]

“Esses dados de engenharia foram acumulados ao longo de 18 meses e combinados para criar um ‘mapa’ das densidades de estrelas observadas, a partir das quais pode ser percebida uma bela e fantasmagórica imagem virtual de nossa magnífica galáxia, mostrando os aglomerados globulares e as nuvens de Magalhães” Funcionários da ESA escreveram em uma descrição de imagem. “Onde há mais estrelas, como no centro galáctico, o mapa é mais brilhante, onde há menos, o mapa é mais escuro.O mapa inclui dados de brilho correspondente a vários milhões de estrelas”, escreveram na mesma descrição.

Como nossa galáxia ganhou o nome de Via Láctea?

A sonda espacial Gaia de US $ 1 bilhão (740 milhões de euros) foi projetada para criar um mapa de alta resolução de 1 bilhão de estrelas na Via Láctea ao longo de uma missão de cinco anos. A espaçonave está fazendo suas observações a partir de um ponto gravitacionalmente estável, chamado de Sol-Terra Lagrange Ponto 2, ou L2, a cerca de 930.000 milhas (1,5 milhão de quilômetros) da Terra.

Fonte: Space.com

Etiquetas
Mostrar mais

Eder Oelinton

Jornalista, amante de tecnologia e curioso por natureza. Busco informações todos os dias para publicar para os leitores evoluírem cada dia mais. Além de muitas postagens sobre varias editorias!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: