Tipos de rinoplastia

Tipos de rinoplastia: tudo o que você precisa saber antes de fazer a sua cirurgia

Você sabia que existem diversos tipos de rinoplastia que envolvem diferentes técnicas cirúrgicas? Cada um desses procedimentos, têm métodos próprios e indicações feitas de acordo com as necessidades e objetivos do paciente e com a maneira como a cirurgia vai ser realizada.

É fundamental que a pessoa que está buscando uma cirurgia nasal entenda e saiba as diferenças entre os tipos de rinoplastia e converse com um médico de confiança, com o intuito de encontrar o tratamento que melhor atenda às suas necessidades.

Conheça os principais tipos de rinoplastia e os mais indicados para cada caso.

Tipos de rinoplastia

Entenda as principais diferenças dos tipos de rinoplastia mais usados durante o procedimento estético. As duas técnicas mais comuns de cirurgia plástica nasal são a rinoplastia aberta e a rinoplastia fechada.

  • Rinoplastia aberta: É a técnica mais utilizada pelos especialistas para a realização de cirurgias. Esse método possibilita que o cirurgião tenha mais precisão durante o procedimento de correção por ter total acesso à estrutura interna nasal do paciente. A rinoplastia aberta permite ao médico analisar todos os elementos nasais, devido à abertura e a elevação da pele, realizada por meio de incisões na base que separa as duas narinas (columela). Esse procedimento é indicado para pacientes que precisam fazer grandes alterações na região da ponta do nariz.
  • Rinoplastia fechada: Esse tipo de rinoplastia foi bastante difundido quando a cirurgia plástica no nariz começou a ganhar popularidade. Esse método é conhecido como “cirurgia às cegas”, pelo fato de o médico não ter acesso à estrutura interna do nariz e não realizar incisões externas. A cirurgia com a técnica fechada costuma ser indicada para procedimentos que não necessitam de grandes alterações. Uma das principais vantagens desse tipo de rinoplastia é a inexistência de cicatrizes externas e visíveis, além da recuperação ser mais rápida e menos dolorida.

Outros tipos de rinoplastia envolvem a maneira e as condições em que o médico vai realizar a modelagem nasal do paciente:

  • Rinoplastia funcional: método utilizado para corrigir doenças e disfunções respiratórias que prejudicam o bem-estar do paciente. É bastante comum realizar esse procedimento em conjunto com outra cirurgia (como a septoplastia), visando um resultado melhor e mais satisfatório para o paciente.
  • Rinoplastia estética: é a realização da cirurgia plástica com fins estéticos, relacionada aos incômodos e insatisfações do paciente com o formato do seu nariz. Esse tipo de rinoplastia pode ser realizado com o intuito de: reduzir ou aumentar o dorso nasal e a correção da columela, deixando o formato do nariz mais harmonioso com o rosto.
  • Rinoplastia étnica: esse procedimento está associado à insatisfação da pessoa com o formato natural do seu nariz. Nesta cirurgia são feitas alterações na estrutura nasal do paciente sem eliminar completamente as características de sua modelagem étnica.
  • Rinoplastia secundária: esse tipo de rinoplastia é usado quando o paciente já se submeteu a uma cirurgia de plástica nasal, mas, por algum motivo, precisa realizar novamente o procedimento para corrigir ou revisar alguma falha ou imperfeição que não foi sanada na cirurgia anterior.
  • Rinoplastia pós-trauma: esse tipo de rinoplastia é realizado para fazer correções provocadas por algum tipo de trauma (acidente, lesões durante alguma atividade física) vivenciado pelo paciente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: