Curiosidades

Como um detetive particular descobre uma traição?

A atuação de um detetive particular envolve investigações dos mais variados tipos, porém a investigação de infidelidade está, e sempre esteve, como um dos trabalhos mais comuns desse tipo de profissional.

Qualquer detetive particular experiente poderá citar inúmeros casos de investigação de infidelidade, e se engana quem acha que somente as mulheres procuram por isso. A cada ano aumenta o número de homens desconfiados dos parceiros/as.

Mas como saber se a desconfiança e as dúvidas devem ser levadas a diante buscando o serviço de um detetive particular?

Os mais experientes dirão que onde há fumaça, há fogo e que ao menor sinal de desconfiança o ideal é buscar informações por meio de uma investigação sigilosa ao invés de, por exemplo, confrontar o parceiro sem provas, o que pode trazer danos ao relacionamento e talvez nunca esclarecer suas desconfianças.

Uma investigação particular de infidelidade vai trazer as provas necessárias para que não existam mais dúvidas. A investigação pode ser realizada pela própria pessoa, mas as chances de sucesso por meio de um especialista são maiores.

Como é realizada a investigação de infidelidade?

Ao buscar o detetive particular é importante salientar que essa escolha deve ser bem rigorosa.  Procurando referências do profissional, o cliente passará para ele incialmente os indícios que o fizeram buscar pelo serviço. Depois disso é preciso passar informações como:

  • Rotina do parceiro;
  • Redes sociais;
  • Locais que frequenta;
  • Senhas e outras informações relevantes;
  • Números de telefone;
  • Placa e modelo do carro.

Com essas informações inicias o detetive particular elabora um plano de investigação e se utiliza de equipamentos tecnológicos e diferentes técnicas investigativas para conseguir as provas que seu cliente precisa.

Artefatos como câmeras fotográficas e de filmagens, escutas telefônicas e em outros tipos de locais, GPS, equipamentos de monitoramento de veículos e aplicativos de celulares são os principais utilizados nesse tipo de investigação e ferramentas eficazes para ajudar a descobrir uma traição.

Campanas e disfarces também são meios pelos quais o detetive particular consegue as informações necessárias. Para uma boa investigação de infidelidade é preciso tempo e coleta de informações em diferentes ambientes.

Uma investigação de infidelidade, de acordo com os detetives particulares, dura no mínimo entre 10  e 15 dias. Esse tempo mínimo é necessário, pois é preciso seguir a rotina do investigado e, segundo os especialistas em investigação particular, a maioria dos casos de traição não acontecem todos os dias e sim em intervalos comuns de uma semana.

Após a investigação, o detetive particular junta todas as provas que foram coletadas e elabora um relatório que será entregue ao cliente. Nesse relatório constará tudo o que foi investigado, transcrição de conversas, fotografias, filmagens e tudo o mais.

É essencial que se tenha um contrato assinado  —  tanto pelo cliente quanto pelo detetive particular — e que nele esteja previsto o tempo médio de investigação, a entrega do relatório e os valores acordados previamente.

Caso o detetive particular que você procure não ofereça um contrato com esses termos, busque outro profissional, pois o contrato é a garantia de um bom serviço de investigação particular.

Mostrar mais

Eder Oelinton

Jornalista, amante de tecnologia e curioso por natureza. Busco informações todos os dias para publicar para os leitores evoluírem cada dia mais. Além de muitas postagens sobre varias editorias!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: