Telefones 5G ultrapassam 4G em 2023

Telefones 5G ultrapassam 4G em 2023, diz empresa de pesquisa

Embora existam apenas alguns telefones habilitados para 5G, as operadoras em todo o mundo já começaram a testar suas redes 5G. Eles estão se preparando para a grande atualização em velocidade de dados que uma empresa de pesquisa diz que será a norma em quatro anos.

Anunciado nesta segunda feira (01/07) pela empresa de pesquisas Canalys, os telefones 5G ultrapassam 4G em 2023, a empresa estima que a maior parte da adoção do 5G ocorrerá na China, graças ao governo e empresas de tecnologia sediadas no país.

“A China é também o lar de muitos dos principais fornecedores de equipamentos 5G e fornecedores de smartphones, que serão responsáveis por uma campanha de marketing agressiva nos próximos anos”, disse Nicole Peng, vice-presidente de mobilidade da Canalys, no comunicado. “Mas a adoção em massa dos smartphones 5G não significa necessariamente uma implementação 5G bem-sucedida. A implementação completa do 5G levará muito mais tempo e será muito mais complexa do que a geração de rede anterior, para aproveitar os benefícios do 5MB além do eMBB ).”

A Canalys estima que os telefones 5G ultrapassam 4G atingindo aproximadamente 800 milhões de unidades e tenham 51,4% de participação de mercado. Desse número, a China responderá por 34% do total, com a América do Norte respondendo por 18,8%.

Até agora, os telefones com 5G disponíveis para compra são o Galaxy S10 5G, o LG V50 ThinQ, o OnePlus 7 Pro, o Oppo Reno 5G e o Moto Z4 da Motorola com o mod 5G Moto. Lembrando que aqui o Brasil não existe rede 5G.

Fonte: Cnet

Estamos acompanhando de perto essa evolução tecnológica, e os possíveis danos que podem causar na saúde humana. Com o crescimento dos testes nas grandes cidades estamos observando muitas especulações em torno dessa tecnologia, como publicamos em março destes ano sobre os pássaros mortos na cidade de Haia na Holanda.

Muitos pássaros morreram espontaneamente em um parque. Você provavelmente não ouviu muito sobre isso porque parece que a intenção era manter sob sigilo. A verdade sobre a segurança do 5G é que não é seguro. E enquanto as cartas foram lançadas e as pessoas levantaram o alarme, os “poderes” não parecem se importar. Tudo em nome do dinheiro e da indústria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: