Saiba quais são os principais festivais que vem para o Brasil neste ano

Fique por dentro dos eventos mais badalados do mundo da música.

Se quem canta seus males espanta, quem ouve está sempre imune aos males. Pode perguntar a qualquer fã de boa música e ele vai confirmar, pode ter certeza.

Por isso, que tal começar a se preparar para as edições 2019 dos festivais de música mais prestigiados do Brasil e do mundo? Confira a lista.

Lollapalooza 2019 – 01 a 05 de agosto de 2019

Você sabia que o festival foi criado em 1991 a partir de uma turnê de despedida da banda de Perry Farrel? A ideia deu tão certo que daí surgiu o Lollapalooza, um dos mais famosos e frequentados festivais de música do mundo.

Em 2019 o festival chega em sua oitava edição e a expectativa é alta, sobretudo pelo line up.

Arctic Monkeys, Lenny Kravitz, Twenty One Pilots, Steve Aoki e Post Malone são só algumas das principais atrações que vão subir ao palco principal entre os dias 01 e 05 de agosto do próximo ano.

Para se ter ideia, só em 2018 o Lollapalooza movimentou R$152 milhões. Contando apenas o dinheiro trazido por turistas, o valor passou os R$ 93 milhões. Um total de 61% a mais do que a edição anterior.

O público total somou 100 mil pessoas presentes em cada um dos três dias de festival. As informações foram todas trazidas pela Prefeitura de São Paulo para uma reportagem do G1.

Uma curiosidade: você sabia que Estados Unidos, Brasil, Chile, Argentina, Alemanha, França e Colômbia são os países que recebem atualmente sua própria edição do Lollapalooza? Em 2017 foi a primeira vez que o festival aconteceu na França.

Rock In Rio 2019 – 27, 28 e 29 de setembro e 3, 4, 5 e 6 de outubro de 2019



Quantos geradores são necessários para abastecer o Rock In Rio?

Um festival que já é das antigas, mas que continua surpreendendo o público ano a ano. O segredo do sucesso do Rock In Rio não dá para saber, mas o público está na maior ansiedade para a edição de 2019 desde que algumas das atrações já foram divulgadas.

O evento acontece no Parque Olímpico da Barra, tradicional cidade do rock, e dentre as presenças confirmadas estão: Anitta, com toda a brasilidade que não pode faltar, e as três maiores bandas de heavy metal da história, Sepultura, Megadeth e Iron Maiden.

A primeira edição do Rock In Rio aconteceu no ano de 1985 e é lembrada pela inesquecível apresentação de Fred Mercury cantando Love Of My Life. Outro momento icônico aconteceu na edição seguinte, 6 anos mais tarde, quando Guns N’ Roses estavam no palco.

Desde então o festival não parou de crescer. A cada ano o público aumenta, tanto em tamanho quanto em diversidade. De Ivete Sangalo a System Of a Down, o Rock In Rio é um festival para enaltecer a música em geral, e tem cumprido o seu objetivo.

Psicodália 2019 – 01 a 06 de março

Com uma vibe paz e amor, O Psicodália teve início lá atrás, no ano de 2001, em Angra dos Reis-RJ. Na época, o nome nem era esse, mas o objetivo já era o mesmo: difundir o trabalho de bandas autorais independentes.

Essa proposta foi o suficiente para conquistar os 150 participantes que compareceram na primeira edição.

Por se tratar de um festival cuja proposta é mais alternativa em comparação aos outros dois, os nomes da música que já passaram por lá não são, em sua maioria, tão populares assim.

Ian Anderson Steppenwolf, Moraes Moreira, Alceu Valença, Arnaldo Batista, Baby do Brasil, Os Mutantes, Elza Soares, Tom Zé, Paulinho Boca, Naná Vasconcelos, Nação Zumbi, Made in Brazil e O Terno são só algumas das bandas que fizeram a festa nas edições anteriores.

Além das apresentações musicais, o Psicodália traz algumas outras atrações como exposições, teatro, oficinas, recreação e cinema. Tudo em um cenário de muitas cores, estampas e alegria.

Por essas e outras, há quem diga que o evento é muito mais do que só um festival, e sim uma experiência diferenciada.


Conheça 4 segmentos que necessitam de energia temporária no Brasil

Haja energia para manter tudo isso funcionando

Para garantir que um show seja incrível e que tudo siga no maior sucesso, sobretudo em um festival de grandes proporções, é preciso ter muita energia. Não só a do público, mas energia elétrica também.

Em um festival como o Rock In Rio, por exemplo, o número de geradores pode passar dos 40. Mas, o que isso significa na prática? Significa que a potência gerada chega perto de 10 mil KVA, ou 260,2 mil KW/h. Segundo especialistas no assunto, o suficiente para abastecer 1.657 residências durante o período de 30 dias.

Por isso, seja qual for o artista confirmado, alugar gerador de energia é obrigatório em qualquer festival. Ninguém quer que uma interrupção no fornecimento acabe com a alegria, né?

Texto: Luciana Ribeiro Social Media e Link Building, SEO Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: