Saúde

Como é feita a cirurgia de prótese de silicone?

A cirurgia para a colocação de prótese de silicone é um dos procedimentos cirúrgicos estéticos de maior procura no País. Isso deve-se ao fato de a brasileira ter em seu desenvolvimento, muito quadril e quase nada de seios, o que resulta uma procura pela mamoplastia de aumento.

Ao colocar a prótese de silicone, o cirurgião plástico consegue aumentar a projeção das mamas, tornando-as mais volumosas, com contorno definido. Em resumo, o decote fica mais bonito e os seios mais firmes.

Assim como em qualquer cirurgia plástica, a paciente que será submetida a uma mamoplastia de aumento deve estar com a saúde em dia. Em análise clínica, o cirurgião plástico auferirá a pressão e terá uma conversa sobre o histórico de cirurgias dessa paciente. Não identificado nenhum fator do risco, o médico solicitará uma bateria de exames para investigar possíveis alterações que impossibilite a realização da cirurgia plástica.

Todos os exames em ordem e com o aval clínico para entrar no centro cirúrgico é hora de discutir com o cirurgião plástico o método a ser empregado na cirurgia de prótese de silicone. Existem três formas distintas de inserir o silicone nas mamas, sendo elas: Inframamário, periareolar ou axilar.

Como é colocada a prótese de silicone?

A cirurgia inframamária é uma incisão (corte) na parte inferior dos seios. A pele é elevada e a prótese é colocada e “encaixada” de forma mais assimétrica possível. Na cirurgia por meio periareolar, o cirurgião fará a incisão na aréola dos seios e a prótese será coloca no lugar por meio desse espaço.

A última, sendo uma técnica que tem caído em desuso pelos cirurgiões, a incisão é feita na axila e por meio de um canal, feito com uma cânula, o cirurgião insere a prótese de silicone no local. Em todos os casos a cicatriz existirá, sendo minimizada com o passar dos anos e com os cuidados específicos durante o pós-operatório.

Por se tratar de um procedimento cirúrgico de média complexidade, muitos cirurgiões optam pela sedação com anestesia local. Porém, outra parcela de profissionais dá preferência à anestesia geral. Isso ficará a critério do especialista e das condições físicas de cada paciente, sem esquecer da expertise do médico anestesista, após avaliação do paciente.

Além das incisões por onde a prótese será encaixada na mama, existe o local em que esse silicone será colocado, podendo ser:

  • Por cima do músculo;
  • Prótese por baixo do músculo.

A metodologia cabe ao cirurgião plástico definir junto a condição da mama. Com mais pele pode ser feito de uma forma, mulheres mais magras e com o tórax menor de outra. Logo, isso deve ser definido no consultório junto ao paciente.

Vale ressaltar que a mamoplastia de aumento é uma das possibilidades que se utiliza a prótese de silicone. Existe outras técnicas que podem necessitar a colocação do silicone, logo, procure por um especialista em silicone.

O mais importante, que deve ser prioridade, é procurar por médicos qualificados. Faça uma pesquisa de profissionais na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), agende consultas, questione e só faça a cirurgia com um profissional que você sentiu confiança.

Mostrar mais

Eder Oelinton

Jornalista, amante de tecnologia e curioso por natureza. Busco informações todos os dias para publicar para os leitores evoluírem cada dia mais. Além de muitas postagens sobre varias editorias!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: