SegurançaTecnologia

Veículos de combate com laser serão montados em 2017

As armas de laser não têm sido usadas popularmente no campo de batalha, mas um novo esforço conjunto entre a General Dynamics e o exército dos EUA pode mudar isso. O esforço irá montar lasers em veículos de combate a fim de derrubar as milhares de aeronaves pilotadas remotamente atualmente em uso.

[pub_quadro_google]

O desenvolvimento de lasers para fins de combate já remonta desde a era Regan, já que a Strategic Defense Initiative (SDI)(Iniciativa de Defesa Estratégica) desse período tinha muitas ideias inovadoras sobre como poderíamos desenvolver um sofisticado sistema de mísseis antibalísticos.

Muitas dessas ideias anti-balísticas apresentavam lasers de forma proeminente. Apesar deste fato, as armas laser realmente não proliferaram no campo de batalha, mas isso pode mudar em breve.

O exército, juntamente com a General Dynamics, uma empresa aeroespacial e de defesa, está desenvolvendo uma arma laser de curto alcance que pode identificar e interceptar aviões não tripulados, bombas de morteiro e outras ameaças voadoras.

Relatórios dizem que a arma poderia ser implantada já em 2017.

O Stryker é o veículo proposto para receber o sistema laser.
O Stryker é o veículo proposto para receber o sistema laser. Crédito: General Dynamics / Getty

O sistema de armas poderia ser montado no teto de um veículo pessoal blindado, e possui um laser de 5 quilowatts, um passo adiante no esforço anterior da General Dynamics, que começou com apenas 2 quilowatts. Tem seu próprio radar, ele permanece operacional mesmo se os sistemas existentes no veículo parem de funcionar.

Esta união também está pensando em integrar um sistema de bloqueio para a arma, a fim de não disparar um tiro para derrubar uma ameaça. Notavelmente, seus testes atuais mostram que o sistema pôde identificar e destruir drones 21 vezes das 23 em que foi testado.

Este desenvolvimento mostra como a mudança da paisagem da guerra, o advento de tecnologias como drones e armas autônomas, gera uma série de inovações que, em última análise, remodelam o combate, e até mesmo a própria sociedade. No final, aqueles por trás do trabalho observam que este sistema a laser é apenas um dos muitos em desenvolvimento que visa proteger os soldados em ambientes perigosos.

Fonte: Futurism

Etiquetas
Mostrar mais

Eder Oelinton

Jornalista, amante de tecnologia e curioso por natureza. Busco informações todos os dias para publicar para os leitores evoluírem cada dia mais. Além de muitas postagens sobre varias editorias!

Artigos relacionados

2 Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: