fbpx
Curiosidades

Unidades de disquete tocam a musica tema de ‘Game of Thrones’

O bom e velho YouTube, onde nenhuma canção e tão sagrada que não se possa ferrar com ela. Depois do remix de cabras gritando musicas de Bon Jovi e Alicia Keys, uma versão com tiros e pistola daquela canção de copos da ‘Pitch Perfect’, e é claro o ancora e editor do NBC Nightly News Brian Williams em um rap de Sir Mix-A-Lot’s “Baby Got Back”.

Um tipo de musica cover que talvez você não tenha visto ainda é chamada de FDD (Floppy Disk Drive Music), ou musica de disco flexível.

Sim, discos removíveis, ou melhor, as unidades de disquete, lembra deles? O hardware já não é mais usado a um bom tempo, mas uma legião de tecnófilos ressuscitaram os velhos componentes do computador para produzir musica.

O usuário do YouTube Arganalth tem uma versão incrível da música do Nirvana ‘Smells Like Teen Spirit’. O usuário Gigawipf usa 14 unidades e um disco rígido para espremer uma versão da música ‘Tained Love’ da dupla Soft Cell. E nos últimos três anos, Anand Jain, conhecido no YouTube como MrSolidSnake745, usa as unidades de disquete para fazer cover de quase tudo, desde Bach, Beethoven e Disney, até Niki Minaj, musica de video game, e EDM.

A versão que ele fez de ‘Game of Thrones’, tem dois minutos e ja passou a marca de  um milhão e oitocentas mil visualizações desde que foi publicada em 2012. Ele tem 26 anos e vive em Coconut Creek na Flórida, é um desenvolvedor em tempo integral para uma empresa de software de saúde em casa. Jain gasta cerca de 10 a 20 horas por mês em uma canção nova com suas unidades de disquete.

O seu primeiro cover foi a Marcha Imperial do filme Star Wars. A canção foi produzida usando apenas tres unidades de disquete, é de longe menos avançada do que sua configuração atual que é de oito unidades.

“É um passatempo estranho”, admite Jain.

Mas como isso funciona? As unidades de disco emitem sons similares a um violino. Quando você puxa o arco sobre uma corda, ou golpeia, ela vibra em certa freqüência. A mesma coisa acontece com as unidades de disquete. Os dois motores do dispositivo – o motor de passo e o motor de leitura e gravação da cabeça – pode ser dito a que taxa irá vibrar usando um software.

Depois de selecionada a musica, é necessário encontrar o arquivo MIDI, que traduz a música em comandos para o computador. Então ele faz o upload para o Moppy, que significa “Musical Floppy”. É um programa com código fonte aberto hospedada na GitHub.

As unidades de discos flexiveis são equipadas com microcontroladores que recebem os dados e giram a diferentes velocidades para tocar uma nota. apenas uma nota pode ser produzida por vez por cada unidade, e cada um produz certas notas melhores que outros.

Jain aperfeiçoou sua metodologia com o passar dos anos, ele gasta maior parte do tempo agora, filmando e editando os videos. De tempos em tempos ele faz novos arranjos nas músicas para ficarem mais trabalhadas. Ele não é pago para fazer isso, porem ganha dinheiro com propaganda no YouTube.

Fonte: CNN Money

Etiquetas
Mostrar mais

Eder Oelinton

Jornalista, amante de tecnologia e curioso por natureza. Busco informações todos os dias para publicar para os leitores evoluírem cada dia mais. Além de muitas postagens sobre varias editorias!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: