Robôs

Os robôs da NASA que vão explorar outros planetas e zonas de desastres

Valkyrie

valkyrie-robot

A NASA quer robôs humanoides como o Valkyrie para um dia ajudar ou até substituir o trabalho dos astronautas no espaço. A empresa já deu o protótipo do robô para o MIT e a Universidade Northestern para desenvolverem o software que permite aos robôs humanoides completarem missões no espaço.

RoboSimian

robosimian

O robô parecido com um macaco RoboSimian chegou as finais do concurso de robôs do Departamento de Defesa dos Estados Unidos o DARPA Robotics Chalenge. Feito pelo laboratório da NASA Jet Propulsion o robô pode navegar em terrenos acidentados e tem a destreza de executar certas tarefas como abrir portas e rodar uma manivela para abrir uma válvula.

RoboNaut 2

robonaut

O Robonaut 2 mostra suas pernas de escalar recentemente desenvolvidas, projetada para permitir que o robô se mova em gravidade zero. Esta atualmente sendo testado a bordo da Estação Espacial Internacional, as mãos e os dedos foram projetadas para trabalharem como as dos humanos e ele possui câmeras na sua cabeça para observação.

Grover

grover

Projetado para suportar rajadas de 30 mph e temperaturas tão baixas quanto -22 F, o rover polar da NASA foi demonstrado operar de forma autônoma em condições árticas. O robô conhecido como GROVER, ou Greenland Rover e Remotely Operated Vehicle Goddard (Veículo de opereção remota) para Exploração e Pesquisa, carrega um radar de penetração no solo para analisar camadas de neve e gelo.

Surge

surge

Pode até não parecer mas esse robô, chamado Surrogate, ou “Surge”, é similar a um humano: com uma espinha dorsal, dois braços e uma cabeça, com aproximadamente 1,4 metros de altura com peso de 90.7 quilogramas. Assim como RoboSimian, é outro projeto do Propulsion Lab, elaborado para operar em ambientes perigosos como logo após um desastre, por exemplo.

Curiosity

curiosity

O rover da NASA do tamanho de um carro já está trabalhando na superfície de Marte desde agosto de 2012 e sua missão está programada para aprender sobre a superfície do planeta, sua geologia e o clima indefinidamente sem fim. Durante sua viagem o laboratório móvel encontrou evidências de água na superfície de Marte e determinou a idade das rochas na superfície do planeta.

Scorpion

scorpion

Um dos primeiros experimentos da NASA, o robô protótipo Scorpion de oito pernas foi avaliado pelo centro de pesquisa Ames da NASA em 2005, como um modelo potencial para exploração de planetas.

Sistema de produção robótico

robot-arm

Este robô, no Centro Espacial de Voo Marshall em Huntsville no Alabama, irá ajudar a agencia construir o maior mais leves peças compostas já feitos para veículos espaciais reduzindo custos de produção e permitindo cargas mais pesadas.

K10

k10

O Grupo de Robótica Inteligente (IRG) no Centro de Pesquisa Ames da NASA, desenvolveu os robô K10 a ser operado remotamente em superfícies planetárias e atuar como batedores para exploradores humanos. Os robôs K10 conduzem-se de forma autônoma e podem percorrer longas distâncias em uma ampla variedade de terrenos. O K10 é executado a partir de um laptop Linux com um processador dual-core embutido em sua carenagem.

Lemur

lemur

Um conceito artístico mostra como o LEMUR (Limbed Excursion Mechanical Utility Robot) pode inspecionar e manter a Estação Espacial Internacional. O Lemur 3, que está sendo desenvolvido pela Nasa Jet Propulsion Laboratory, adere a superfícies usando um sistema de aperto com base em como lagartixas se agarram às paredes.

As imagens são todas da NASA, a fonte é http://www.techrepublic.com/

Eder Oelinton

Jornalista, amante de tecnologia e curioso por natureza. Busco informações todos os dias para publicar para os leitores evoluírem cada dia mais. Além de muitas postagens sobre varias editorias!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: