Tecnologia

Reconhecimento óptico e biometria em workflow avançarão em 2020, afirma a Flexdoc

Novos OCR expandidos e computação cognitiva aplicada à leitura fotográfica permitem automatizar a decisão via cruzamento de imagens

61 / 100 SEO Score

O mercado de automação de workflow de documentos por Imagem deverá dobrar de tamanho nos próximos cinco anos, partindo de US$ 3,88 bilhões em 2019 para US$ 7,65 bilhões em 2025 (não incluindo aí os serviços de consultoria), segundo relatório global da Mordon Intelligence.

Na avaliação da brasileira Flexdoc, o segmento está sendo impulsionado pela adesão das empresas à transformação digital e pelo aumento de demanda das transações de negócio sem papel, tudo isto levando à expansão do uso de câmeras de celular como ferramenta de captura para cadastramento remoto. 

“A abertura de contas bancárias virtuais através de smartphone é apenas a parte mais visível desse movimento. O fato é que há forte expansão em aplicações menos conhecidas, como a leitura de placas ou chassis a partir das fotos de um carro, ou a tipificação gráfica de documentos escaneados para a checagem de autenticidade e a extração correta de dados”, afirma Carlos Flávio de Souza, diretor de inovação da Flexdoc.

Checagem biométrica em alta

Segundo o executivo, as tendências do segmento para 2020 incluem o uso cada vez mais comum da comparação de fotos de documentos e “selfies” para a validação de cadastros com o emprego de checagem por biometria.

A Flexdoc prevê também o aumento da incorporação de inteligência artificial em soluções de workflow, atingindo inclusive a automação de processos decisórios com base no cruzamento de imagens. “A computação cognitiva foi adaptada com sucesso às plataformas mais atuais para este tipo de automação, tornando muito ágil a checagem por múltiplos fatores e maximizando a segurança na automação dos processos”, comenta o diretor. 

Sorria na hora da Selfie

Um exemplo de inovação em checagem biométrica de face, é a recém criada “prova de vida”. Além de validar a identidade do indivíduo, esta função exige uma ação efetiva do usuário (como sorrir ou fechar os olhos) na hora de enviar a sua selfie.

A Flexdoc destaca também a consolidação de OCRs de próxima geração (ou OCR Expandido), que leem qualquer formato de texto, mesmo em fotos de baixa resolução, e conferem escritas manuais com acerto de nível forense. 

Os novos OCRs são capazes de identificar o padrão de design de documentos, de modo a conferir se eles se enquadram nos diferentes modelos usados pelos órgãos emissores em diferentes anos ou até décadas. 

Esse conjunto de características está tornando quase imediata a integração de estruturas legadas ao workflow multiformato e colocando na mesma esteira os arquivos legados em papel com o fluxo de big data, notas fiscais eletrônicas, PDFs, arquivos de textos, microfilmes, imagens capturadas com scanners e o acionamento de funções por código de barra ou QR Code. 

Ainda segundo a Flexdoc, em 2020 irá crescer a adesão das empresas a plataformas de workflow em nuvem e o emprego de smartphone na coleta de dados remotos, checagem de acesso, e na documentação de transações em B2B, B2C ou governo eletrônico. 

A própria Flexdoc irá disponibilizar ao mercado um novo App gratuito (o Fleximobile) para a extração de dados via mobile e para a verificação biométrica, incluindo a prova de vida. A aplicação vai permitir a o uso imediato de transações por imagem-documento em qualquer tipo de empresa, utilizando recursos da plataforma em nuvem da Flexdoc.

De acordo com o diretor de inovação da empresa, as áreas de maior demanda de soluções como a sua plataforma Fleximage no Brasil são os segmentos de bancos, seguradoras, setor de saúde, jurídico, governo e e-commerce.

Texto: Press Consult. (11) 3865-8555
Contato: Fabiana Nogueira
fabiana@pressconsult.com.br

Etiquetas
Mostrar mais

Eder Oelinton

Jornalista, amante de tecnologia e curioso por natureza. Busco informações todos os dias para publicar para os leitores evoluírem cada dia mais. Além de muitas postagens sobre varias editorias!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: