Saúde

Qual diferença entre lifting e mini lifting?

O nosso rosto reflete as mudanças trazendo as tão indesejadas rugas. Mas estas alterações podem ser apagadas com a ajuda da cirurgia plástica. Cada vez mais as pessoas recorrem ao rejuvenescimento facial e com a técnica do Lifting e Mini lifting alcançamos nossos desejos.

Lifting e Mini lifting

Vamos as definições destes procedimentos que são duas cirurgias plásticas.

O lifting surgiu do verbo “lift”, decorrente da língua americana, que significa levantar. E o efeito do lifting é mesmo o de levantar, pois esta é uma técnica tem como objetivo realocar os tecidos em seu local de origem.

O Lifting facial é uma cirurgia plástica indicada para pessoas que possuem um grau de envelhecimento cutâneo muito grande. O envelhecimento provoca a queda natural da pele e a flacidez da musculatura da região do rosto. As regiões do rosto mais afetadas são a testa, as pálpebras, as bochechas e o pescoço. Nestas regiões o Lifting Facial proporciona o levantamento da pele através de uma incisão transversal no couro cabeludo, nos dois lados, passando pelas orelhas e indo até a raiz dos cabelos.

Em geral as pacientes que recorrem a esta técnica nas clínicas de cirurgia plástica, estão na faixa etária dos 40 anos ou acima.

O mini lifting é uma cirurgia plástica limitada nas incisões e no procedimento em gral, pois abrange somente uma parte da face e/ou do pescoço, conhecida popularmente como “papada”, para pessoas em que o grau de envelhecimento não atingiu estágios mais avançados.

As pacientes que mais buscam este procedimento apresentam idade entre 35 a 40 anos. Entretanto, a indicação final sempre será do cirurgião plástico, pois o profissional avaliará as condições cutâneas da paciente.

É importante ressaltar que as cicatrizes de ambas as técnicas são muito discretas e suaves, e ficam cobertas pelos cabelos ou bem próximas as orelhas.

O lifting e o mini lifting são procedimentos estéticos que garantem um ar de jovialidade aos pacientes, e um resultado muito natural em suas feições.

Agora que falamos sobre a diferença das duas técnicas, vamos ao pós-operatório.

Como falamos anteriormente, o cirurgião plástico fornecerá a paciente todas as informações necessárias para que as duas cirurgias plásticas citadas acima, tenham sucesso.

Pós-operatório

Levando em consideração que o Lifting Facial e o Mini Lifting podem ser realizados com anestesia geral ou local, a permanência da paciente na clínica de cirurgia plástica vai depender muito do procedimento realizado.

Em geral, as pacientes costumam retornar as suas atividades em 1 semana. Os cuidados recomendados pelo cirurgião plástico devem ser observados e realizados em sua totalidade, pois a garantia dos resultados satisfatórios depende também do pós-operatório.

Para finalizar, gostaríamos de informar que, para garantir a potencialidade e durabilidade do Lifting Facial, são recomendadas técnicas de tratamentos estéticos como por exemplo a aplicação do ácido hialurônico.

Etiquetas
Mostrar mais

Eder Oelinton

Jornalista, amante de tecnologia e curioso por natureza. Busco informações todos os dias para publicar para os leitores evoluírem cada dia mais. Além de muitas postagens sobre varias editorias!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: