fbpx
Tecnologia

Os desafios da área de TI no mundo pós pandemia

Analisando os desafios da área de TI, parece que estamos vivendo em uma lacuna no tempo. Desde que o Brasil entrou em quarentena e isolamento social por conta da pandemia do Novo Coronavírus alguns pontos parecem ter parado. O fechamento de bares, restaurantes e espaços de lazer dá a sensação de que a vida não segue. Já com relação ao trabalho, algumas profissões e atividades foram afetadas de forma direta, prejudicando a economia e também a vida destes profissionais que viram seus empregos sumirem da noite para o dia. 

Enquanto profissionais como marketeiros e redatores ganharam evidência, atividades que precisam de um contato mais direto sofreram quedas, o que afetou a economia do país. De acordo com matéria veiculada no Jornal O Globo a economia do Brasil tende a despencar 9,1% em 2020. Ou seja, é hora de apertar os cintos?

O momento é de calma e cuidado

Sim. Com essa incerteza na economia e na geração de empregos é preciso segurar um pouco a onda com os gastos. Mesmo com o Governo Federal liberando saques do FGTS e auxílio emergencial, os trabalhadores ainda passam por incertezas quanto ao futuro em seus empregos. 

E como vão ficar as profissões que podem ser a distância

Esta já era uma tendência que vai aumentar com a pandemia. Trabalhar em casa, para alguns profissionais, é uma alternativa promissora e que traz mais produtividade, pois não há o tempo de deslocamento, por exemplo. 

Algumas empresas já aproveitaram para aderir ao home office em tempo integral e outras, como os bancos, vão estipular alguns dias da semana. 

Desafios da área de TI: E como ficam os profissionais de TI

Tem prós e contras. Vamos entender quais são. 

Horário flexível, ausência de deslocamento e aumento na produtividade são os prós para estes profissionais. 93% dos profissionais de TI do Brasil estão trabalhando remoto. Contudo, esta distância aumenta, em alguns casos, os ataques e alguns problemas de segurança. Outro ponto é que a comunicação pode sofrer ruídos por não estarem conversando presencialmente com seus superiores e colegas de trabalho. 

Dentro deste contexto o aumento de trabalho pode vir por alguns fatores, entre eles: Problemas de VPN, Ações em videoconferências, restrição de banda, redefinições de senha e envio de mensagens. 

Com empresas fechando e outras se remodelando os profissionais de TI ganham importância elevada. Isso porque, para este “novo normal” alguns pontos com relação à tecnologia precisam ser melhorados. E no que o TI pode ajudar? 

  • Personalização de computadores para acesso remoto
  • Ajustes na infraestrutura para suportar acessos remotos e cargas adicionais
  • Blindagem de segurança para evitar ataques
  • Trabalhar para combater a vulnerabilidade aumentada pelos acessos além dos limites do Firewall
  • Desenvolvimento e manutenção de sites e lojas virtuais

Inovação, velocidade e comprometimento. O novo normal vai exigir, cada vez mais, estas características. Com isso, bons profissionais de TI podem ganhar notoriedade e também segurança no trabalho, indo contra grande parcela da sociedade que passa por incertezas. Por isso, o  recrutamento online para a área de TI tornou-se uma alternativa. Assim, é possível contratar profissionais gabaritados e que vai ajudar muito nesta readaptação do consumo. 

Quais os requisitos que uma empresa deve observar ao contratar um TI

Antes de mais nada, a disponibilidade. Com o trabalho home office, os técnicos que não são contratados acabam pegando mais de um job e isso deve ser conversado para evitar problemas futuros de agenda ou entregas. 

Além disso, a contratação deve seguir como a de um outro profissional, com aplicações de teste de aptidão para a área, investigação sobre o passado profissional do técnico e diálogos para alinhamento de expectativas. 

Programadores, normalmente, são mais tímidos no ato da entrevista. Então, é importante que o recrutador entenda esta característica e aplique a seleção de maneira correta para não ter a chance de perder um bom profissional. 

Eder Oelinton

Jornalista, amante de tecnologia e curioso por natureza. Busco informações todos os dias para publicar para os leitores evoluírem cada dia mais. Além de muitas postagens sobre varias editorias!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: