Curiosidades

Como funciona a dessalinização da água do mar

Sabemos que um dos grandes problemas que vem ameaçando toda e qualquer tipo de vida é falta da água potável.

Pode-se dizer que no Brasil possuímos um grande leque quando se diz respeito a assuntos hídricos, porém grande parte das regiões não só brasileiras mas como a nível mundial, vem sendo privadas de suas fontes de consumo de água.

O desperdício advindo na maioria das vezes de nós mesmos por deixar uma simples torneira aberta, e também do alto índice de poluição existente que vem cada vez mais diminuindo os níveis da pureza do mesmo, torna esse recurso raro e inacessível.

E justamente com o intuito de resolver a ausência de recursos hídricos a uma grande parcela das gerações futuras, ao longo dos séculos foram desenvolvidas algumas pesquisas na área de tratamento de água, principalmente na dessalinização da água do mar.

Em que consiste a dessalinização da água?

Podemos dizer que o termo dessalinização da água do mar de forma resumida seria um método físico-químico com o intuito de fazer uma retirada do sal que está presente em grande parte das águas dos oceanos e mares.

As técnicas mais famosas são conhecidas como congelamento, destilação e a famosa osmose invertida ou osmose reversa, confira de forma mais aprofundada:

Destilação

De modo resumido, podemos dizer que seria o esquentamento da água contida no mar, que ao atingir seu modo mais denso passaria do seu estado líquido para um estado gasoso, em seguida sendo encaminhada diretamente para um condensador, onde a mesma seria resfriada e retomando novamente ao seu estado líquido.

Após ser feito esse processo o restante que ficar em estado líquido será colocado em um outro tipo de armazenamento.

A destilação é mais utilizada por ser tida como uma das mais eficientes no processo da dessalinização da água do mar, e popularmente conhecido como destilação acelerada ou destilação rápida em fases múltiplas.

Congelamento

Podemos dizer que o ponto inicial da fase do congelamento em certa substância pura será por vezes com um nível menor referente ao de sua própria solução.

Deste modo quando a água do mar fica em níveis baixos, começa a se formar o gelo, que na maioria das vezes tem sua fórmula pura somente com água, tudo isso ocorre porque quando há uma mistura de elementos como é o caso dos sais minerais na água ocorre uma diminuição do ponto frio.

Logo é devido a esse processo que nos maiores oceanos aparece uma parte superficial de gelo, a mesma é feita apenas por água, já na parte posterior fica retida a água em seu formato líquido com os elementos já dissolvidos.

Todos esses fatos só mostram que resfriar a água também seria uma boa alternativa para a dessalinização da água do mar. Um dos métodos que vem sendo mais utilizado relacionado ao congelamento é uma medida chamada de congelamento secundário, o mesmo consiste na retirada da camada quente contida na água do mar ao passar pelo meio butano.

Em tal processo, o líquido contido no mar, fica situado em uma temperatura mais elevada do que a temperatura do butano. Logo, após ter contato com o butano o fundo do líquido contido no mar, passará pela fase gasosa, e assim irá acontecer no meio do processo, a retirada do valor.

Ao ocorrer o congelamento da água, a mesma é separada das suas impurezas minerais, porém os mesmos ficam retidos na superfície da área mais densa, desta maneira faz-se necessário que haja uma retirada do sal da parte superior contida na parte cristalizada do gelo.

Após lavado o estado sólido da água agora ficará em estado líquido e o butano retorna também ao seu estado original podendo ser novamente utilizado.

Osmose reversa

De modo resumido podemos dizer que o processo de osmose seria basicamente uma fase em que o solvente passaria pelo meio da chamada membrana semipermeável e deste modo indo para a próxima fase que seria uma fase concentrada.

Sendo assim  se realizarmos uma pressão além do limite, irá ocorrer um processo contrário, logo, aquele solvente que antes estava concentrado irá agora passar por uma fase em direção ao solvente limpo e mais puro.

Mostrar mais

Eder Oelinton

Jornalista, amante de tecnologia e curioso por natureza. Busco informações todos os dias para publicar para os leitores evoluírem cada dia mais. Além de muitas postagens sobre varias editorias!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: